O que é o círculo cromático e para que serve?

Hoje vamos falar de uma ferramenta poderosa, o círculo cromático, um instrumento que vai te ajudar a criar paletas de cores criativas, equilibradas e cheias de personalidade.

Vamos te explicar direitinho os principais conceitos do círculo cromático e como aplicar cada um deles. Topa o desafio?

O que é círculo cromático?

Como o próprio nome diz, é um círculo composto por 12 cores: primárias, secundárias e terciárias, com suas diferentes nuances. A principal finalidade do círculo cromático é nos auxiliar a fazer combinações de cores interessantes e cheias de harmonia.

Afinal, quem nunca ficou em dúvida na hora de fazer uma combinação de cores?

Antes de mais nada, entenda os principais termos do círculo cromático.

Curiosidade: O círculo cromático mais conhecido atualmente foi criado por Isaac Newton, por isso também é chamado Círculo de Newton.

Cores primárias, secundárias e terciárias

  • Cores primárias são as cores puras: amarelo, vermelho e azul.
  • Cores secundárias são formadas a partir da mistura de cores primárias: laranja (amarelo + vermelho), verde (azul + amarelo) e violeta (vermelho + azul).
  • Cores terciárias: são geradas a partir da mistura dos dois primeiros tipos, como vermelho alaranjado, azul arroxeado, etc.
  • Nuances são as diferentes graduações, ou intensidade de uma cor, como, por exemplo, os diversos tons de vermelho.

Cores quentes, frias e neutras

No círculo cromático existe uma divisão entre as cores quentes e as frias.

As cores quentes são aquelas que transmitem sensação de calor. Fica fácil de entender se associarmos ao fogo. São elas: vermelho, rosa, amarelo, laranja e todas as suas nuances.

No caso das cores frias, estão mais associadas à água e ao frio: azul, verde, violeta e lilás.

Você deve estar se perguntando, onde o preto, branco e o cinza entram nessa história? Essas são cores neutras, quando olhamos para elas não percebemos nem a sensação de calor e, nem de frio.

Como usar o círculo cromático

Existem muitas formas de harmonizar as cores usando o círculo, aqui vamos falar das mais utilizadas.

Cores análogas

Olhando para o círculo, análogas são as cores vizinhas. Exemplo: Violeta, roxo e lilás.

Quando escolhemos cores análogas, temos combinações de tonalidades semelhantes, o resultado é uma sensação de união harmônica.

Todos os meses a artesã Júlia, da Sandalo e Cedro, compartilha aqui no blog paletas de cores inspiradoras utilizando os conceitos do círculo cromático. Em agosto ela criou uma paleta com cores análogas usando o vermelho e rosa que ficou um arraso!

Cores complementares

Cores complementares são aquelas que ficam no lado oposto do círculo e, apesar disso, combinam perfeitamente entre si. Por exemplo: verde e rosa ou violeta e amarelo.

É uma harmonia contrastante, cheia de energia e que geralmente chama a atenção.

Veja a paleta de outubro, podemos identificar as combinações lindamente contrastantes.

Ah! Junto com as paletas do mês, convidamos artesãos para compartilhar receitas exclusivas e gratuitas, usando a seleção de cores escolhidas. Não deixe de conferir!

Na paleta de novembro, identificamos uma combinação entre cores análogas e complementares, além disso, a Julia explorou também o conceito de cores quentes e frias. Deu nó no cérebro?  Calma que vamos explicar direitinho!

A artesã escolheu duas cores quentes de tonalidades análogas, vermelho e laranja. Para contrastar, ela combinou com duas cores frias e complementares a elas, o azul piscina e lavanda, cores análogas entre si. O resultado ficou muito interessante, não acha?

Cores tríades

Tríades é uma composição feita com três cores, escolhidas através de um triangulo imaginário, sobreposto ao círculo cromático. Exemplo: roxo, vermelho e verde.

O resultado é uma combinação colorida e contrastante, mas que harmoniza entre si. Como a paleta de julho, que teve verde, laranja e roxo. Já tinha imaginado juntar essas cores antes?

Esse mesmo conceito foi utilizado na paleta de março com a tríade azul, violeta e amarelo.

Dica: Disponibilizamos uma receita de saia linda, usando essa paleta. Vai lá dar uma olhadinha!

Tom sobre tom

Uma composição tom sobre tom é monocromática, escolhemos uma única cor e suas variações de intensidade.

O efeito contrastante é alcançado com a combinação de diferentes tonalidades, criando uma espécie de degradê. Como a Saia Quadrados que publicamos a receita recentemente aqui no blog.

Esse conceito também foi aplicado na paleta de junho que teve uma temática mais natural.

Conhecer o círculo cromático vai te ajudar a fazer combinações ousadas e, ao mesmo tempo, equilibrada! Podemos dizer que é um caminho seguro para se arriscar no mundo das cores.

E se você quiser saber quais são as principais tendências de cores para 2022, não deixe de ler o post que publicamos sobre esse assunto.

Se esse post te ajudou, não deixe de compartilhar!

Compartilhe
Share on facebook
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes
Categorias