Atitudes que ajudam o meio ambiente

Já parou pra pensar como alguns dos nossos comportamentos impactam negativamente no planeta? Por outro lado, se transformássemos essas condutas em ações positivas, poderíamos mudar o rumo das coisas. É sobre isso que vamos falar; hoje te mostraremos quais atitudes ajudam o meio ambiente, porque, afinal de contas, esse também é o legado que estamos deixando para os nossos filhos e netos.

Cada vez mais somos afetados por secas severas, invernos rigorosos, calor excessivo, enchentes colossais, e vários outros efeitos climáticos que resultam do aquecimento global, que altera todo o clima no mundo.

Vários são os fatores que provocam o aquecimento global, mas de forma resumida, é a exploração dos recursos naturais, feitas por nós, humanos, a origem do problema. Isso acontece através do desmatamento, queimadas, uso de combustível fóssil (petróleo, carvão, gás natural, etc.), excesso de lixo e descarte inadequado.

6 atitudes que ajudam o planeta

A solução para colaborar com o meio ambiente é adquirir novos hábitos e ter um consumo mais consciente. O conceito básico para colocar em prática essa mudança está nos 3Rs: Reutilizar, Reciclar e Reaproveitar. Abaixo vamos te mostrar 6 atitudes que ajudam o planeta.

1 – Recicle o seu lixo

O lixo leva muitos anos para se decompor e nesse processo produz líquidos e gazes prejudiciais ao planeta. Um simples filtro de cigarro leva mais de 5 anos para se desintegrar, náilon mais de 20 anos, plástico 400 anos, vidro mais de 1.000 anos! Por isso é fundamental reciclar o lixo e fazer descartes conscientes, afinal, não existe “jogar fora”, qualquer lugar onde jogamos o lixo é no planeta, portanto, dentro da nossa casa.

Também é importante produzir menos lixo, sendo assim, leve sua própria sacola quando for ao mercado, escolha produtos com menos plástico, reutilize embalagens ao invés de comprar novos recipientes e, principalmente, evite ao máximo plásticos descartáveis. Se tiver que se desfazer de um lixo não convencional, como, por exemplo, aparelhos eletrônicos, móveis, baterias, entre outros, procure se informar em sua cidade onde é possível fazer o descarte correto.

2 – Use menos o carro

O combustível dos veículos emite dióxido de carbono, que contribui para o efeito estufa e o aquecimento global. Dessa maneira, usar menos o carro é uma ótima ideia. Para percursos curtos, prefira a bicicleta ou caminhar a pé, essa atitude fará bem para sua saúde também. Nos percursos longos opte por transporte público. No trabalho, organize caronas com seus colegas, além de ser bom para o meio ambiente, ajuda a economizar uma graninha no final do mês.

3 – Economize água

Água é um bem muito precioso e essencial para manter a vida na Terra, sem ela não podemos viver. Porém, esse é um recurso finito, é fundamental que a gente economize. Evite banhos demorados, feche a torneira enquanto estiver ensaboando a louça ou escovando os dentes, conserte vazamentos, reduza a frequência de lavagem do quintal e reflita se uma simples varridinha não seria suficiente.

Entretanto, não podemos esquecer que a água também é utilizada no processo produtivo de tudo que consumimos.

Veja abaixo quantos litros de água são necessários para produzir alguns produtos do nosso cotidiano:

  • Smartphone = 12.760 litros;
  • Camiseta de malha = 3.900 litros;
  • 1 xícara de café = 132 litros;
  • 1 quilo de carne bovina = 15.400 litros;
  • 1 quilo de legumes e verduras = 322 litros.

Isso nos leva a outra mudança de atitude: a nossa relação com o consumo.

4 – Consuma menos

Se precisamos reduzir a quantidade de lixo e economizar água na produção das coisas, é necessário refletir também sobre a nossa relação com o consumo. Parece radical dizer que devemos consumir menos, mas o fato é que compramos muitas vezes por impulso ou simplesmente adquirimos coisas que não precisamos. Será que não podemos reutilizar o que já temos? Dar uma nova função para algum objeto? Reciclar uma roupa parada no armário?

Aqui no blog você encontra um post sobre upcycling, uma tendência de reaproveitamento de roupa que vem ganhando cada vez mais adeptos no mundo.

A mudança nos hábitos de consumo faz bem para o planeta e também para o nosso orçamento. Por isso, antes de comprar algo, pense se você realmente precisa daquilo, qual a vida útil daquele produto e como você irá descartar quando não precisar mais dele. Talvez você chegue a conclusão que é melhor não adquirir.

5 – Evite o desperdício de comida

Evitando o desperdício de comida também estamos economizando água e vários outros recursos, além de ser um absurdo jogarmos alimento no lixo com tantas pessoas passando fome no mundo.

6 – Reduza o consumo de carne

A pecuária e seus subprodutos consomem muita água, promovem desmatamentos e queimadas, poluem o solo através do uso de fertilizantes e componentes químicos, além do mais, produz gás metano. Esse último é emitido pelo gado e acontece durante a digestão dos animais, depois da fermentação gástrica dos alimentos. Por isso é importante reduzir o consumo de carne, faça isso gradualmente, não precisa radicalizar. Aproveite para explorar novos sabores, como o hambúrguer vegano que publicamos a receita recentemente. É saudável, gostoso e o planeta agradece.

Crochê e tricô sustentáveis

Não se preocupe, o crochê e tricô estão liberados! E olha que legal, vamos te mostrar como ser mais sustentável também na hora de tecer a sua peça.

Durante o processo produtivo, sempre sobram fibras. Geralmente elas são descartadas pelas indústrias, mas aqui na Pingouin nós reciclamos e reaproveitamos esse material. Transformamos essas sobras em 3 linhas de produtos reciclados: Eco Jeans, Club e Conexão, além do Greta, um fio feito de algodão orgânico, com certificado Global Organic Textile Standard (GOTS). Dessa maneira, ao invés de produzir lixo, criamos lindos novelos pra você explorar a sua criatividade sem abrir mão da sustentabilidade.

Sabemos que algumas atitudes são mais fáceis de serem implementadas que outras, mas comece mudando um pouquinho de cada vez, tendo mais consciência de seus atos, pois cada pequena atitude importa.

Compartilhe
Share on facebook
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes
Categorias