Dia Mundial do Folclore, que tal mergulhar em nossas lendas?

Hoje é Dia Mundial do Folclore, uma data muito importante para preservação da nossa cultura popular.

Envolve não apenas as lendas, muito pelo contrário, trata-se do conjunto de sabedorias e tradições do povo brasileiro. Engloba festas, comidas, superstições, cantigas, crenças, até mesmo a prática de benzer as pessoas. Na realidade o folclore diz muito sobre quem somos, como pensamos e agimos.

O nosso país é gigante e muito diversificado, isso faz com que cada região tenha suas festas, costumes e versões diferentes de lendas, mas a nossa essência, enquanto povo, está sempre presente. Aliás, essa diversidade também é uma característica nossa.

Temos um grande e delicioso repertório de lendas, infelizmente falamos pouco sobre elas. Esse é um ponto que precisamos melhorar enquanto sociedade. Para incentivar você a entrar nesse delicioso mundo, preparamos três dicas: uma série, um livro e uma receita folclórica de amigurumi que vai provocar “ataques de fofura”!

Cidade Invisível, série folclórica

Em fevereiro a Netflix lançou uma série folclórica produzida aqui no Brasil, chamada Cidade Invisível. Uma trama policial empolgante que envolve personagens como Saci-Pererê, Boto-Rosa, Iara, Corpo-Seco entre muitos outros.

O interessante é que esses personagens foram modernizados e vivem entre nós. Essa não é uma série infantil, diferente do famoso Sítio do Picapau Amarelo, muito pelo contrário, trata-se de uma história bastante adulta com doses de violência e suspense. Cidade Invisível está na primeira temporada e tem 7 episódios. Vale muito a pena assistir.

Livro Deu a louca no Folclore

O livro Deu a louca no Folclore, de Dudu Almeida, é muito divertido e gostoso de ler. Nessa obra, o nosso folclore está enlouquecendo e corre o risco de desaparecer. O Saci sofreu mutação e tem duas pernas, Curupira se voltou contra a natureza e muitas outras coisas estranhas acontecem. O único que pode fazer algo é Macunaíma!

É um livro leve que agrada adultos e crianças, se você gosta de ler é uma boa pedida.

Curupira é nosso homenageado

Curupira o protetor

Curupira, o nosso homenageado, é personagem de uma lenda de origem indígena, se ganhasse vida nos dias de hoje, ele teria muito trabalho, pois, é o protetor das florestas. Embora sua aparência possa ser descrita de diferentes formas conforme a região, normalmente aparece como sendo de baixa estatura, cabelos vermelhos, pés ao contrário e com grande força física.

Persegue os caçadores e aqueles que derrubam árvores. Ele é responsável por fazer com que os malfeitores das florestas se percam na selva e não consigam encontrar o caminho de casa.

Atenção: caso você encontre o Curupira no meio da floresta, é necessário fazer um nó em um pedaço de cipó, somente dessa forma terá chance de sair dali! Mas nem tente achá-lo, como seus pés são ao contrário é impossível descobrir seu paradeiro.

Entretanto, existe uma forma de você encontrar um Curupira, aliás, você pode ter um só pra você! Para isso basta uma agulha, fios Kotini e seguir a nossa receita. 😊

Comente aqui embaixo a sua opinião sobre esse Curupira fofíneo.

Se quiser relembrar as nossas principais lendas, o site Educa mais Brasil tem um resuminho bem legal sobre elas.

Qual o seu personagem folclórico favorito?

Compartilhe
Share on facebook
Share on pinterest
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes
Categorias

Rolar para cima