Blog fios Pingouin

Bolsa crochê fio conduzido – Artesã tá On – Fio Bella

Uma bolsa de crochê de fio conduzido fácil e divertida feita com o nosso fio Bella. A artesã e o artesão estão On!
Bolsa crochê fio conduzido - Artesão tá on - Fio Bella

SACOLA ON/OFF
BELLA

POR CAROL DO @MEIOFIO  PARA ATELIÊ PINGOUIN.

SACOLA ON/OFF

Você também carrega seu projeto artesanal em andamento para todo
lado? Não sai de casa sem o seu tricô, crochê ou bordado? A sacola ON e
OFF foi pensada justamente para esse momento. Seu ateliê portátil e ainda
mandando a mensagem: “a artesã tá ON” e “a artesão tá OFF” uma
brincadeira com a frase “o pai tá ON” utilizada pelos esportistas e
difundida nas redes sociais.

Com o tamanho aproximado de 40x40cm (dependerá da tensão do seu
ponto) é ideal para carregar muitos novelos e os projetos em andamento.
Optamos em um formato mais resistente, com fio duplo e alça carteiro
para você conseguir tecer em pé nas filas, durante o trajeto, no vai e vem
dos dias. Mas você também poderá adaptar para uma versão tira colo,
se for da sua preferência.

O fio escolhido foi o Bella, da fios Pingouin, 100% algodão mercerizado.
Uma delícia de trabalhar. 04 novelos foram suficientes, sendo 02 da cor
base, escolhemos o cinza mas é sua opção. O importante é sempre
escolher cores contrastantes entre as palavras e fundo. A Pingouin tem
uma grande quantidade de cores para sua combinação favorita.

Além dos fios iremos usar uma agulha de crochê, tamanho 3.5 ao 5.0
conforme a tensão do seu ponto. É preciso ficar justo pois teremos uma
parte em fio conduzido. Além de uma agulha de tapeçaria para costurar a
alça.

No instagram das fios Pingouin você poderá assistir um tutorial realizado
com muito carinho com o passo a passo da construção da bolsa.
Também preparamos a versão para o gráfico “o artesão”, para a diversão
de todos.
Vamos ao passo a passo?

Base:

A base será em ponto alto com os cantos arredondados conforme o
gráfico. Baixe  sua receita para ter acesso ao gráfico.
Iniciaremos com 42 correntinhas +
03 (altura do ponto alto).

Na quarta correntinha faremos mais
03 pontos altos. A partir desse ponto
será um ponto alto sobre cada
correntinha. Na última correntinha
iremos tecer 9 pontos altos e
retornaremos com 1 ponto alto sobre
cada correntinha até chegar ao outro
extremo onde finalizaremos com 05
pontos altos na mesma corrente de
base inicial. Fecharemos com ponto
baixíssimo.
Gráfico 01: Baixe sua receita para ter acesso ao gráfico.

Paredes:

A sacola é um projeto circular tornando mais resistente para carregarmos
muitos materiais.

Para marcar a transição da base e as paredes iremos tecer uma carreira
de ponto baixo sobre todos os pontos (102) pegando na laçada de trás.
formando a linha de marcação como na fotografia.
Sempre iniciaremos a carreira com uma correntinha que equivale ao ponto
baixo e finalizaremos com ponto baixíssimo.

Todas as próximas carreiras (61) serão em ponto baixo centrado.
Conforme a fotografia. Baixe sua receita para ter acesso as fotos.

Fique atento no encaixe dos gráficos.
Gráfico 2: Baixe sua receita para ter acesso aos gráficos.
Para manter a mesma tensão em toda a extensão da bolsa preferimos
iniciar o condução dos fios das duas outras cores desde a primeira
carreira de ponto baixo centrado . No entanto isso é uma opção sua, poderá
iniciar na carreira 15.
Somente tome cuidado pois nas carreiras de condução costumamos
apertar mais os pontos, tendendo afunilar a sua sacola. Com o treino a
tensão das carreiras conduzidas ou não ficarão semelhantes.

Como trocar de cor na técnica de crochê conduzido ponto baixo:

Já estaremos conduzindo os fios das outras cores em nosso projeto.
Conforme o trio de fotografias: Baixe a sua receita para ter acesso as fotografias.
A cor é trocada no ponto anterior, para isso iniciaremos normalmente
introduzindo a agulha no ponto da carreira de baixo , puxaremos o fio do
novelo e retornaremos conforme a anatomia tradicional do ponto ficando
com duas laçadas na agulha da cor base.
Laçaremos a cor nova passando pelo meio das duas laçadas da agulha
resultando uma laçada na cor nova na agulha.
Agora a cor base passará a ser conduzida entre os pontos.
Faça os pontos necessários na cor nova, lembrando que para voltar para
cor de base a transição sempre acontecerá no ponto anterior.
Por ser um projeto circular esconder os fios no crochê conduzido ficará
mais simples pois assumimos uma frente e um avesso, tornando a receita
ideal para quem se inicia na técnica. 

Alça:

A tessitura da alça será muito parecida com a base, em ponto alto com
cantos arredondados. Escolhemos fazer uma bolsa carteiro, com alça
transversal para você conseguir acessar seus projetos em pé. Para isso o
tamanho da alça confortável é a sua altura. No meu caso 1,75m, assim,
200 correntinhas iniciais foram suficientes.
Cada um terá a sua medida. Comercialmente assumimos a altura de
1,60m para sacolas femininas, mas, sempre que possível converse com o
cliente e faça adaptada ao corpo. É um gesto de cuidado que podemos
fazer em projetos feitos a mão sob encomenda.
Se for da sua escolha podemos trabalhar com uma alça “tira a colo”, para
isso a medida é de 1,30m.
Essas medidas, para as duas opções, já consideramos que a costura da
bolsa será feita desde a base, criando um reforço e uma estética mais
esportiva para a peça. Veja as fotos. Baixe sua receita para ter acesso as fotos.

A alça terá a mesma anatomia da bolsa, em ponto alto e cantos
arredondados com leques formados por 09 pontos em cada extremidade.
Optamos em fazer uma segunda carreira, em outra cor – a utilizada nas
palavras ON e OFF. Será um ponto baixo sobre cada ponto da carreira
inferior e nos cantos (leque de 09 pontos), dois pontos altos sobre cada
ponto da carreira anterior. Conforme o gráfico 03.Baixe sua receita para ter acesso aos gráficos.

Costura da alça.
A alça será costurada desde a base, cobrindo toda a lateral e reforçando a
bolsa.
Usaremos uma agulha de tapeçaria e uma dica é colocar um caderno, livro
ou papelão no interior da sacola, facilitará bastante.
Iremos trabalhar com o ponto atrás prendendo cada ponto baixo como na
fotografia:
Introduziremos a agulha de trás para frente – ponto A.
Retornaremos a distância de um ponto baixo para introduzir no ponto B. Sairemos com a linha no ponto C – distância de dois pontos baixos.
Retornaremos no ponto A.
Faça em todos os pontos de contato da sacola com a alça.
O Gráfico 02 tem duas versões para a artesã e o artesão. Baixe sua receita para ter acesso aos gráficos. 

Esperamos que tenham gostado e levem seus projetos em andamento para
passear na sacola ON e OFF. No instagram das fios Pingouin você poderá
assistir um tutorial realizado com muito carinho com o passo a passo da
construção da bolsa.

Compartilhe
Share on facebook
Share on pinterest
Share on email

8 comentários em “Bolsa crochê fio conduzido – Artesã tá On – Fio Bella”

  1. Adorei o projeto. Já trabalho com fio Bella há anos. Faço bolsas…mantas…xale…amigurumi…jogo americano.. enfim tudo o que a imaginação pedir. 😍😘

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima